Rua Carneiro Lobo, 468
12º andar
Edifício Champs Elysees
Batel | Curitiba – PR
Horário de atendimento:
De segunda a sexta
das 8h às 18h

 

Causas, sintomas e tratamento da artrite reumatoide

Você já ouviu falar em artrite reumatoide (AR)? É uma doença inflamatória crônica, autoimune (o sistema imunológico do corpo ataca os tecidos saudáveis), e que afeta principalmente as pequenas articulações dos pés e das mãos (mas também pode afetar cotovelos, joelhos, tornozelos, pés, ombros e coluna cervical, além de órgãos internos, como coração, pulmões e rins).

Sem o tratamento adequado, o curso da doença é progressivo e pode deixar o paciente incapacitado para trabalhar e realizar as atividades simples do dia a dia. Se a inflamação crônica não for controlada, a artrite reumatoide pode levar a deformações e a degeneração dos ossos.

Causas

As causas são desconhecidas, mas é possível que infecções, mudanças hormonais e fatores ambientais estejam relacionados com a doença. Já se sabe que o cigarro é um fator ambiental comprovadamente ligado à doença.

A artrite reumatoide acomete mais mulheres do que homens, na faixa dos 30 a 50 anos, mas pode aparecer em qualquer idade, inclusive na infância, antes dos 16 anos.

Sintomas

Os principais sintomas da artrite reumatoide são:

– dores e inchaços nas juntas dos punhos, mãos, joelhos e pés;

– rigidez nas articulações pela manhã;

– nódulos visíveis na pele próximos às juntas;

– febre baixa;

– fadiga;

– dificuldade de movimentar os dedos ou outros membros;

– perda de peso;

– redução de apetite.

Diagnóstico

O diagnóstico da artrite reumatoide é feito quando encontramos::

:: Rigidez articular matinal durando pelo menos 1 hora;

:: Artrite em pelo menos três áreas articulares;

:: Artrite de articulações das mãos: punhos, articulação do meio dos dedos e entre os dedos e mão;

:: Artrite simétrica (por exemplo no punho esquerdo e no direito);

:: Presença de nódulos reumatoides;

:: Presença de Fator Reumatoide no sangue;

:: Alterações radiográficas: erosões articulares ou descalcificações localizadas em radiografias de mãos e punhos.

Prevenção

Segundo os médicos, ainda não ainda não é possível falar em prevenção primária da artrite reumatoide. No entanto, é possível prevenir complicações impostas pela doença com o diagnóstico e tratamento precoces.

Tratamento

Com o tratamento adequado para artrite reumatoide, é possível evitar o avanço da doença. Assim, após o diagnóstico, os médicos conseguem oferecer ao paciente uma qualidade de vida melhor e evitar a progressão das deformidades.

O tratamento medicamentoso pode incluir analgésicos, anti-inflamatórios, drogas imunossupressoras e biológicas, entre outros.

Qual médico especialista procurar?

O médico reumatologista é o profissional indicado para o diagnóstico da artrite reumatoide. Serão feitos exames físicos, avaliação do histórico do paciente e radiografias para conseguir prever o diagnóstico completo.

Consulte seu médico e não se automedique. Aqui no Sendor – Serviço Especializado em Neurocirurgia, Dor e Reumatologia – contamos com uma equipe médica especializada para atender pacientes com artrite reumatoide.

Agende sua consulta: (41) 3077-5060.

Informações: Sociedade Brasileira de Reumatologia