Rua Carneiro Lobo, 468
12º andar
Edifício Champs Elysees
Batel | Curitiba – PR
Horário de atendimento:
De segunda a sexta
das 8h às 18h

 

Já ouvir falar em gota?

A gota é o ácido úrico acumulado nas articulações e calcificado no local. É uma doença inflamatória que afeta, principalmente, as articulações e ocorre quando a taxa de ácido úrico no sangue está em níveis acima do normal (hiperuricemia). Quando os níveis não estão em equilíbrio, pode ocorrer AVC, infarto, cálculo renal ou a conhecida gota.

Veja também:
::  A doença de Lady Gaga: saiba mais sobre a fibromialgia
:: 7 dúvidas sobre o lúpus
:: Saiba quais os alimentos vilões para a enxaqueca

Algumas informações importantes sobre essa doença:

– Nem todas as pessoas que estiverem com a taxa de ácido úrico elevada (hiperucemia) vão desenvolver a gota;

– O aumento nas taxas de ácido úrico no sangue pode ocorrer tanto pela produção excessiva quanto pela eliminação deficiente da substância.

– A doença afeta, sobretudo, homens entre 40 a 50 anos, que têm sobrepeso ou estão obesos, apresentam vida sedentária ou abusam de bebidas alcoólicas.

Principais sintomas
Os principais sintomas da gota são: inchaço e vermelhidão nas articulações, na maioria das vezes nos dedões do pé, tornozelos e joelhos, além de dores intensas.

Tratamento
Não há cura para a gota. O tratamento é para tentar amenizar as dores, inflamações e lesões nas articulações, bem como as crises agudas.

Dicas para quem tem gota
– Beba bastante água. Faça uma conta básica: 30ml de água para cada quilo. Então, se uma pessoa pesa 70kg, ela deve tomar, por dia, 2.100ml de água.

gota-reumatologia-beber-agua– Tenha uma alimentação balanceada, com frutas, verduras e fibras, e evite uma dieta hipercalórica.

– Evite o consumo excessivo de carne vermelha, frutos do mar, sardinha, fígado e pele de aves quando os níveis de ácido úrico estiverem altos porque pode desencadear uma crise.

– Faça acompanhamento médico caso haja doenças associadas como hipertensão arterial, diabetes, entre outros.